ACESSIBILIDADE - LEI nº 13.146/2015


Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas conforme o modelo abaixo: ALT + [Nº de atalho]

ALT + 1

Ir para o Conteúdo

ALT + 2

Ir para o Menu

ALT + 3

Ir para a Busca

ALT + 4

Ir para o Rodapé

ALT + 5

Acessibilidade

ALT + 6

Mapa do site

ALT + 7

Acesso a Informação

ALT + 8

Cor Original

ALT + 9

Cor com contraste

Botão/Tecla +

Aumentar Fonte

Botão/Tecla -

Diminuir Fonte

Botão/Tecla =

Fonte Original

Leitores de Tela

Nosso Portal foi desenvolvido para ser compatível com softwares leitores de tela. Assim, basta que o usuário tenha instalado em seu computador um destes softwares que será possável ouvir o que está escrito ou desenhado no site.

Agência de Notícias

Roosevelt comemora decisão da Justiça que proíbe queima da palha de cana-de-açúcar

01/06/2017 12:36


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

Roosevelt comemora decisão da Justiça que proíbe queima da palha de cana-de-açúcar

No grande expediente da sessão desta quinta-feira, 01/06, o vereador Roosevelt Santana (PSB) e usou a tribuna e falou sobre a determinação judicial que proibiu a queima da palha de cana de açúcar sem estudos de impacto ambiental no estado de Sergipe. O parlamentar leu a decisão judicial na íntegra e lembrou que uma das bandeiras de seu mandato foi a problemática da fuligem de cana, chegando a fazer abaixo-assinado da população. 

Em aparte, Moisés Mota parabenizou Roosevelt pelo tema abordado e também demonstrou-se satisfeito com a decisão judicial. Marcos Oliveira (PTC) também concordou com a decisão, por entender a importância de se ter um estudo de impacto ambiental e de saúde pública. Disse que em alguns estados não existe mais a queima e sim a colheita mecanizada para acabar com essa problemática. José Virtuozo (SD) disse que conhece todo o processo que envolve a cana-de-açúcar, do plantio a colheita, pois já trabalhou em usina e sabe o quanto é prejudicial à saúde a forma como é eliminada a fuligem atualmente. Parabenizou Roosevelt pela defesa da causa.


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

OUTRAS NOTÍCIAS