ACESSIBILIDADE - LEI nº 13.146/2015


Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas conforme o modelo abaixo: ALT + [Nº de atalho]

ALT + 1

Ir para o Conteúdo

ALT + 2

Ir para o Menu

ALT + 3

Ir para a Busca

ALT + 4

Ir para o Rodapé

ALT + 5

Acessibilidade

ALT + 6

Mapa do site

ALT + 7

Acesso a Informação

ALT + 8

Cor Original

ALT + 9

Cor com contraste

Botão/Tecla +

Aumentar Fonte

Botão/Tecla -

Diminuir Fonte

Botão/Tecla =

Fonte Original

Leitores de Tela

Nosso Portal foi desenvolvido para ser compatível com softwares leitores de tela. Assim, basta que o usuário tenha instalado em seu computador um destes softwares que será possável ouvir o que está escrito ou desenhado no site.

Agência de Notícias

Paralisação do transporte escolar é tema de discussão dos parlamentares

02/06/2017 08:47


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

Paralisação do transporte escolar é tema de discussão dos parlamentares

Na sessão desta quinta-feira, 01/06, o vereador Sinvaldo Góis (PMDB) usou a tribuna e relatou que o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Luciano Bispo (PMDB), reuniu-se com o secretário de estado da Educação Jorge Carvalho para tratar sobre a questão do transporte escolar e garantiu que este não será paralisado. Em seguida afirmou que há várias denúncias do conselho do FUNDEB contra a administração municipal, em que acusam o atual Prefeito de fazer mal uso dos recursos do FUNDEB. Questionou a instalação de um quiosque na Praça de Eventos, dizendo que foi feito de forma ilegal para beneficiar aliados do Prefeito.

O líder do prefeito, vereador Marcos Oliveira (PTC), fez duras críticas ao Governo do Estado e seus aliados pela falta de compromisso para com os motoristas de ônibus escolares do município, uma vez que, segundo o parlamentar, estão sendo constantemente humilhados e desvalorizados com a falta de pagamento de seus subsídios mensais. Marcos ressatou que diante dessa situação humilhante e vexatória, o serviço de transporte escolar ofertado aos alunos está prestes a ser suspenso, pois os proprietários dos ônibus estão sem condições de trabalhar. 

Wagner Menezes (PR) disse que desde segunda-feira os ônibus mencionados por Sinvaldo paralisaram por atraso de três meses de salários. Em aparte, Roosevelt Santana (PSB) reafirmou que desde o início da semana metade da frota da Itapé está parada e que já ocorreram cinco paralisações em apenas dois anos por conta de calote do Governo do Estado. Wagner questionou a Sinvaldo se ele acha justo os motoristas trabalharem três meses sem receber seus salários.  

João Cândido Sobrinho (PSB) disse que esta semana viu um fluxo reduzido de ônibus escolares e afirmou que alguns já paralisaram suas atividades devido o atraso no pagamento. Em resposta às críticas direcionadas à educação municipal, disse que algumas escolas realmente precisam de reforma e ampliação, mas que as da rede estadual estão em decadência. Pediu aos vereadores de oposição que intercedam para que o Governo resolva a problemática do transporte escolar que tem sido recorrente e disse que Jorge Carvalho está sendo um péssimo Secretário de Estado da Educação.   

Em aparte, Sinvaldo parabenizou Cândido pelo seu discurso e garantiu que conversará com o presidente da Alese para interceder junto ao Governo do Estado e resolver essa situação. 

Finalizando o seu discurso, Cândido reportou-se a insegurança que assola o Estado e que foi um tema abordado em reportagem no Jornal da Globo ontem, na qual o município de Itabaiana foi tido como exemplo de uma cidade com alto índice de criminalidade. Criticou o Governo do Estado pelo descaso com a segurança pública, cujos índices de criminalidade tem aumentado a cada ano e lamentou a situação.


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

OUTRAS NOTÍCIAS