ACESSIBILIDADE - LEI nº 13.146/2015


Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas conforme o modelo abaixo: ALT + [Nº de atalho]

ALT + 1

Ir para o Conteúdo

ALT + 2

Ir para o Menu

ALT + 3

Ir para a Busca

ALT + 4

Ir para o Rodapé

ALT + 5

Acessibilidade

ALT + 6

Mapa do site

ALT + 7

Acesso a Informação

ALT + 8

Cor Original

ALT + 9

Cor com contraste

Botão/Tecla +

Aumentar Fonte

Botão/Tecla -

Diminuir Fonte

Botão/Tecla =

Fonte Original

Leitores de Tela

Nosso Portal foi desenvolvido para ser compatível com softwares leitores de tela. Assim, basta que o usuário tenha instalado em seu computador um destes softwares que será possável ouvir o que está escrito ou desenhado no site.

Agência de Notícias

Vereadores aprovam por unanimidade em 1ª votação, Projeto de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Natural de Itabaiana.

Projeto de Preservação do patrimônio Histórico, Cultural e Natural de Itabaiana, de autoria do Executivo Municipal, foi aprovado por unanimidade na Sessão do dia (09/11).

09/11/2017 16:25


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

Vereadores aprovam por unanimidade em 1ª votação, Projeto de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Natural de Itabaiana.

Aberta à Sessão Ordinária do dia (09/11), o Presidente da Câmara Municipal, vereador José Teles de Mendonça (PR), concedeu a palavra ao Vereador Sinvaldo Góis (PMDB), que iniciou o seu pronunciamento parabenizando os moradores da Rua Francisco Bragança pela conquista da rede de esgoto que está sendo implementada pela Prefeitura Municipal, e criticou a gestão municipal, porque segundo o parlamentar, está fechando a escola do Povoado Várzea do Gama.

O vereador Roosevelt Santana (PSB), criticou o vereador Sinvaldo Góis, que em seu pronunciamento, se intitulou responsável pela obra de implementação de mais de 400 metros de rede de esgoto na Rua Francisco Bragança, uma vez, que à obra é de autoria e de responsabilidade do Executivo Municipal.

O vereador Marcos Oliveira pediu aparte e disse que é um contrassenso, o vereador Sinvaldo Góis criticar o prefeito por ter feito um vídeo sobre a referida obra, sendo que o mesmo é responsável pela execução da rede de esgoto da Rua Francisco Bragança, ao passo que o próprio vereador, que não tem nenhuma participação na obra, gravou um vídeo declarando ter sido o responsável pela execução da mesma.

O vereador Roosevelt Santana disse que o prefeito Valmir de Francisquinho recebeu do Síntese à melhor nota já alcançada por um gestor público no município, por outro lado, enfatizou que o líder do vereador Sinvaldo Góis e ex–prefeito de Itabaiana Luciano Bispo, quando gestor recebeu às piores notas do referido sindicato.

A vereadora Ivoni Andrade (PMDB), declarou que o prefeito Valmir de Francisquinho não gosta de pobre. Também disse que procurou a Secretária de Obras do município, Deilza de Assis para falar sobre a situação do lixo na Rua José Oliveira Machado. Pediu também que os vereadores aliados ao prefeito solicitassem do mesmo que conclua o calçamento da referida artéria. Ainda em seu pronunciamento, à vereadora Criticou a ausência de um urologista no município.

O vereador Moisés Mendonça pediu aparte e rebateu à afirmação da vereadora que declarou que o prefeito Valmir de Francisquinho não gosta de pobre, exemplificando obras importantes construídas em regiões periféricas do município, como a Escola da Coruja, às obras levadas ao Povoado Rio das Pedras, como posto médico, pavimentação de ruas, quadra poliesportiva e reforma de escola, entre outros. Também pediu a opinião da vereadora sobre a avaliação positiva do SÍNTESE em relação à gestão atual, bem como, a avaliação negativa em relação à gestão de Luciano Bispo.

A vereadora Ivoni Andrade se negou a responder aos questionamentos do parlamentar, e finalizou cobrando da gestão municipal, o funcionamento do Centro de iniciação ao esporte.

O vereador Paulo Messias (PMDB), iniciou o seu pronunciamento se solidarizando com a família dos caminhoneiros (tio e Sobrinho), que faleceram, vítimas de acidente automobilístico ocorrido na última quarta - feira (09/11) no interior da Bahia. O vereador reafirmou a cobrança do calçamento de ruas e recuperação de outras no Bairro da Torre. O vereador Roosevelt Santana pediu aparte, e disse que a cobrança feita pelo vereador é legítima, e informou na oportunidade, que os recursos já foram conseguidos pelo prefeito Valmir de Francisquinho, e que em breve a obra será iniciada.

O vereador Marcos Oliveira (PTC),  iniciou o seu pronunciamento contestando às vereadora Ivoni Andrade que criticou a atuação dos vereadores da bancada de situação, respondendo que nenhum questionamento feito pela oposição ficou sem resposta. Contestou o vereador Sinvaldo Góis por ter criticado o prefeito Valmir de Francisquinho, pelo fato do mesmo ter gravado um vídeo sobre a obra de implementação da rede de esgoto da Rua Francisco Bragança, sendo que o vereador Sinvaldo Góis, que integra à oposição, também gravou um vídeo se intitulando responsável pela obra, não reconhecendo o mérito do atual gestor municipal, verdadeiro responsável pela referida obra. O vereador Marcos Oliveira também criticou a negligência do governo do estado, que culminou na tragédia ocorrida no município de Nossa Senhora das Dores, quando uma caixa d'agua de responsabilidade da DESO caiu sobre uma escola da rede municipal, e acabou matando 2 (duas) crianças e deixado um saldo de 18 (dezoito) feridos. O vereador também criticou o governador Jackson Barreto que embora tenha conseguido mais um empréstimo de 560. 000.000,00, mais uma vez irá parcelar o décimo terceiro salário dos servidores.

O vereador Moisés Mendonça (PR), iniciou o seu pronunciamento prestando solidariedade à família dos dois caminhoneiros (tio e Sobrinho), vítimas de um acidente automobilístico ocorrido na última quarta-feira (09/11). O vereador rebateu à afirmação da vereadora Ivoni Andrade que disse que o prefeito Valmir de Francisquinho não gosta de pobre. Citou como exemplo às obras realizadas pelo atual gestor que beneficiaram milhares de Itabaianenses, como por exemplo; A escola da Coruja, obras no Povoado Rio das Pedras, Povoado Mangabeira, Riacho Doce, entre outros. Criticou a vereadora por não ter respondido ao seu questionamento em relação às notas recebidas do SINTESE pelos gestores Valmir de Francisquinho e Luciano Bispo.

A vereadora Ivoni Andrade pediu um aparte e afirmou que às obras realizadas na atual gestão foram todas com recursos conseguidos pelo seu líder político Luciano Bispo, e sobre a nota do SINTESE declarou que não se preocupa em tomar conhecimento sobre esse fato.

O vereador Moisés Mendonça finalizou dizendo que se os recursos relativos às obras realizadas pelo atual gestor foram conseguidos por Luciano Bispo, significa que o mesmo não teve a competência necessária para executar às referidas obras.

O vereador Gustavo Américo Santana (PMDB), disse que cobrar é papel do vereador, e que algumas obras como por exemplo, à recuperação do acesso ao Bairro Queimadas, só foram executadas após às cobranças dos vereadores de oposição. Disse que a atual gestão não tem Secretaria de Planejamento e que o gestor só se preocupa com os holofotes, visando uma promoção pessoal e de seus familiares. Também criticou a falta de fiscalização aos bancos por parte do município, com o objetivo de os obrigar a cumprir a lei dos 15 (quinze) minutos.

O vereador Presidente da Casa José Teles de Mendonça concordou em parte com a preocupação do parlamentar, repudiando a demora dos bancos no atendimento ao público, citando como exemplo o caso ocorrido com o Assessor de comunicação da Câmara, que esperou aproximadamente por 05 (cinco), horas para receber atendimento em uma das agências locais.

O vereador José Virtuoso (PR), iniciou o seu pronunciamento convidando a todos para participarem de uma audiência pública sobre animais abandonados no município e os cuidados que devem ser adotados pela população para o controle populacional dos animais, citando como exemplo a castração. O parlamentar também repudiou o desrespeito ao cumprimento da lei dos 15 (quinze) minutos por parte das agências bancárias locais.

Encerrada à sessão Ordinária do dia (09/11), o Presidente da Câmara Municipal, vereador José Teles de Mendonça convocou uma nova Sessão para a próxima terça-feira (09/11), em horário regimental.


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

OUTRAS NOTÍCIAS