ACESSIBILIDADE - LEI nº 13.146/2015


Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas conforme o modelo abaixo: ALT + [Nº de atalho]

ALT + 1

Ir para o Conteúdo

ALT + 2

Ir para o Menu

ALT + 3

Ir para a Busca

ALT + 4

Ir para o Rodapé

ALT + 5

Acessibilidade

ALT + 6

Mapa do site

ALT + 7

Acesso a Informação

ALT + 8

Cor Original

ALT + 9

Cor com contraste

Botão/Tecla +

Aumentar Fonte

Botão/Tecla -

Diminuir Fonte

Botão/Tecla =

Fonte Original

Leitores de Tela

Nosso Portal foi desenvolvido para ser compatível com softwares leitores de tela. Assim, basta que o usuário tenha instalado em seu computador um destes softwares que será possável ouvir o que está escrito ou desenhado no site.

Agência de Notícias

Palestra sobre a prevenção do câncer de próstata foi destaque na sessão ordinária do dia 30/11

Durante a palestra sobre a prevenção do câncer de próstata, Marcelino Cunha deu o seu testemunho e chamou a atenção para a necessidade dos exames periódicos.

30/11/2017 18:43


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

Palestra sobre a prevenção do câncer de próstata foi destaque na sessão ordinária do dia 30/11

Aberta a Sessão Ordinária do dia 30/11, o Presidente da Câmara Municipal, vereador José Teles de Mendonça concedeu a palavra ao Senhor Marcelino Francisco da Cunha, diretor da CIRETRAN de Itabaiana, que proferiu palestra sobre o tema: "PREVENÇÃO E DIAGNÓSTICO PRECOCE DO CÂNCER DE PRÓSTATA".

Marcelino iniciou sua palestra relatando que após o diagnóstico da doença, os médicos constataram que o PSA estava muito abaixo da situação de risco, porém em função do crescimento da próstata, o canal de ejaculação estava obstruído. Já no segundo PSA foi constatado que os níveis de risco dobraram. Foi a partir de então, que houve a necessidade de submeter-se à uma intervenção cirúrgica, que felizmente foi bem-sucedida, e associada ao tratamento pós-operatório hoje está curado. Contudo, chamou a atenção para a importância da necessidade do exame de toque, que segundo ele, é sem dúvidas o mais eficaz.

Ao final da palestra o vereador João Cândido o parabenizou pela demonstração de força e superação.

Também cumprimentou o palestrante, o vereador Roosevelt Santana que o parabenizou pela iniciativa e coragem em dar esse testemunho na tribuna da Câmara, sobretudo, pela superação da doença e coragem para enfrenta-la.

O vereador José Carlos Santana perguntou ao palestrante o porquê que o mesmo solicitou do médico o exame de toque?  Marcelino respondeu que a opção pelo exame de toque se deu em função da eficácia comprovada do referido exame em relação ao PSA.

O vereador José Virtuozo também o cumprimentou pela superação e testemunho sobre o caso.

A vereadora Ivoni Andrade aproveitou a oportunidade para chamar a atenção dos homens sobre a necessidade do exame periódico a partir da idade indicada pela sociedade médica. Em razão do problema abordado, a parlamentar também solicitou do prefeito Valmir de Francisquinho que contrate um urologista para atender a população local.

O vereador Gustavo Santana parabenizou o palestrante e perguntou ao mesmo sobre a idade indicada para realização do exame?  Marcelino respondeu que antes à sociedade médica estabelecia 45 anos, porém, atualmente já é sugerido que o diagnóstico preventivo seja feito a partir dos 35 anos.

O presidente da Casa José Teles de Mendonça respondendo à crítica da vereadora Ivoni Andrade, informou que o município já dispõe de um urologista, o Dr. Diogo Smith, que atende todas às quartas feiras na Unidade de saúde do SESP.

O vereador Arivaldo de Rezende também parabenizou o Sr. Marcelino Cunha pela coragem e superação.

O vereador Moisés Mendonça também o cumprimentou e aproveitando a oportunidade criticou os responsáveis pela Secretária Estadual de Saúde, responsabilizando-a pela perda de recursos que deveriam ser aplicados no hospital do Câncer.

O vereador José Teles de Mendonça,  autor do Requerimento n° 291/2017, que solicitou a vinda do palestrante Marcelino Cunha à Câmara, aproveitou o ensejo e o parabenizou pela demonstração de força de vontade, de luta e muita fé, que segundo ele, foram fundamentais para a superação da doença e consequentemente, a sua cura. Desejou muita saúde ao mesmo e agradeceu pela palestra proferida.

Ainda no Grande Expediente, o vereador Arivaldo de Rezende falou que o prefeito Valmir de Francisquinho é perseguidor. Que vetou o seu projeto que previa 05% dos carrinhos de supermercados do município aos deficientes. Por essa razão, repudiou o veto do prefeito.

O vereador José Roberto iniciou o seu pronunciamento afirmando que ao assistir a um vídeo do ex-governador Leonel Brizola do Rio de Janeiro, decidiu apresentar uma indicação solicitando ao prefeito Valmir de Francisquinho, a implantação de ensino em tempo integral nas escolas da rede municipal, acrescentou também que na mesma indicação, irá sugerir a implantação do curso de inglês.

O vereador Sinvaldo Góis disse que a situação da educação no município é lamentável, que às escolas estão em situação precária e que o prefeito só está preocupado com a eleição do seu filho.

O vereador Gustavo Santana disse que o prefeito Valmir de Francisquinho tem praticado perseguição política contra o Conselheiro Tutelar Nino, que segundo ele, já está a cerca de três meses afastado de suas funções. Declarou também que há uma denúncia dando conta de que às ligações originadas para o Conselho Tutelar de Itabaiana estão sendo atendidas por pessoas despreparadas, e não pelos conselheiros.

O vereador João Cândido voltou a tocar no assunto da interrupção do convênio entre o estado e a clínica SEMEDI relativo à hemodiálise. O vereador disse que havia conversado com a Deputada Maria Mendonça sobre o tema, e que a parlamentar lhe informou que tratou do assunto com o secretário de saúde do estado Almeida Lima, que por sua vez, lhe disse que tudo está dependendo da Vigilância Sanitária. Na oportunidade, o vereador Moisés Mendonça pediu aparte e enfatizou que o prefeito Valmir de Francisquinho, preocupado com a situação dos pacientes de hemodiálise, já autorizou à procuradora do município, à Dra. Andréia Machado, a encontrar uma forma jurídica que autorize o município, em caso de inércia do estado, a viabilizar o atendimento aos pacientes de hemodiálise de Itabaiana. O vereador finalizou enfatizando mais uma vez o problema relativo à BR 235, afirmando que irá apresentar um requerimento que visa a implementação de um contorno entre os km 54/55 da referida rodovia, bem como, a revitalização da BR 235 no perímetro urbano de Itabaiana, com recuperação da pavimentação, (mobilidade urbana), asfáltica e a paralelepípedos, retiradas de lixeiras, matos e entulhos.

O vereador Moisés Mendonça rebateu às críticas feitas pelo vereador Gustavo Santana, que afirmou que o prefeito Valmir de Francisquinho nunca mandou fazer a limpeza dos tanques nos povoados. O parlamentar também criticou a postura do vereador Sinvaldo Góis, que segundo ele, tem feito oposição sistemática à atual gestão.

A vereadora Ivoni Andrade defendeu os colegas vereadores Sinvaldo Góis e Gustavo Santana que foram criticados pelo vereador Moisés Mendonça. Disse que os pronunciamentos dos colegas estão corretos porque também concorda que a situação das escolas da rede municipal é lamentável. Lembrou, inclusive, do seu pronunciamento em Sessão anterior, quando por ocasião das denúncias feitas por seus colegas de oposição em relação à escola agrícola, sugeriu que o gestor municipal transformasse o referido estabelecimento de ensino em efetiva escola agrícola e de tempo integral. Também falou que está faltando planejamento na atual gestão, pois, segundo ela o acúmulo de lixo nos bairros é um absurdo, e representa uma falta de respeito à população.

Encerrada a sessão ordinária do dia 30/11, o Presidente da Casa, vereador José Teles de Mendonça convocou nova sessão para à próxima terça-feira (05/12), em horário regimental.


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

OUTRAS NOTÍCIAS