ACESSIBILIDADE - LEI nº 13.146/2015


Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas conforme o modelo abaixo: ALT + [Nº de atalho]

ALT + 1

Ir para o Conteúdo

ALT + 2

Ir para o Menu

ALT + 3

Ir para a Busca

ALT + 4

Ir para o Rodapé

ALT + 5

Acessibilidade

ALT + 6

Mapa do site

ALT + 7

Acesso a Informação

ALT + 8

Cor Original

ALT + 9

Cor com contraste

Botão/Tecla +

Aumentar Fonte

Botão/Tecla -

Diminuir Fonte

Botão/Tecla =

Fonte Original

Leitores de Tela

Nosso Portal foi desenvolvido para ser compatível com softwares leitores de tela. Assim, basta que o usuário tenha instalado em seu computador um destes softwares que será possável ouvir o que está escrito ou desenhado no site.

Agência de Notícias

Vereadores da bancada de situação rebatem críticas da oposição em relação à nucleação de escolas no município

Vereadores da situação defendem que a nucleação de escolas ocorrida no município, além de necessária, segue critérios legais.

17/05/2018 21:51


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

Vereadores da bancada de situação rebatem críticas da oposição em relação à nucleação de escolas no município

Aberta a sessão ordinária do dia 17/05, o presidente da Casa, vereador José Teles de Mendonça concedeu a palavra ao vereador José Roberto (PP), que iniciou o seu pronunciamento falando sobre o requerimento de sua autoria conjuntamente  com o vereador João Cândido, referente a indicação ao prefeito Valmir de Francisquinho para que celebre um convênio com o IPES/SAÚDE. O parlamentar informou, inclusive, que já foi procurado por representantes de sindicatos, que também defendem essa ideia. Ressaltou que a defasagem dos salários dos servidores ao longo de vários anos, tem impossibilitado que os mesmos contratem um plano de saúde, razão pela qual, defende que o município faça o referido convênio. O vereador disse que ficou feliz ao tomar conhecimento que o prefeito teria anunciado um reajuste de 7% sobre os salários dos servidores e o parabenizou pela medida. José Roberto lamentou a morte da garotinha de apenas seis meses, vítima do vírus influenza H1N1, e em função deste caso, também demonstrou preocupação com o risco de surgimento de outros casos.

O vereador Sinvaldo Góis (MDB) fez um apelo à secretária municipal de saúde, para que intensifique os trabalhos de prevenção e assistência aos pacientes acometidos por uma virose que se alastra no município. O vereador denunciou que o município praticou desvio de finalidade na aplicação de três milhões de reais, oriundos da secretaria de educação. O parlamentar criticou a secretária de obras por não ter promovido a limpeza do canal do açude velho. O vereador finalizou dizendo que o prefeito que mais fechou escolas em Itabaiana foi Valmir de Francisquinho.

A vereadora Ivoni Andrade (MDB) iniciou parabenizando os vereadores José Roberto e João Cândido pela indicação que consiste em um convênio entre o município e o IPES/SAÚDE. A parlamentar questionou a aplicação dos recursos da saúde. De acordo com a vereadora, os valores recebidos pelo município não estão sendo aplicados devidamente, porque segundo a mesma, falta médicos em várias especialidades, medicamentos e outros profissionais da área da saúde. A vereadora cobrou do vereador Carlos Vagner explicações sobre a colocação de placas somente em ruas que tiveram a indicação de vereadores da situação, ignorando as ruas, cujos nomes foram indicados por vereadores de oposição.

O vereador Gustavo Santana (MDB) iniciou manifestando sua solidariedade aos familiares do ex-vereador Riva de João do Volta, falecido na última terça-feira 15/05. O vereador criticou a gestão atual por conta do grande número de animais perambulando pelas ruas de Itabaiana. De acordo com o vereador, o número de cães soltos nas ruas tem causado transtorno aos pedestres e feito algumas vítimas no município, citando como exemplo o caso de Rose do Condem, que enquanto fazia caminhada foi atacada por um cachorro. O vereador questionou a atuação do Secretário de Agricultura Erotildes de Jesus, que segundo ele, não está adotando as providências necessárias para conter esse problema, mencionando que recentemente o município recebeu a doação de um caminhão para essa finalidade e que não está sendo utilizado. O vereador finalizou dizendo que a Associação de moradores do Povoado Cajaíba está completamente abandonada, correndo o risco de desabamento do teto e que o município só fez meio metro de asfalto naquela comunidade.

O vereador Marcos Oliveira (PTC) rebateu as críticas do vereador Gustavo Santana, por ter dito que o município realizou somente meio metro de asfalto no Povoado Cajaíba, bem como, a chacota com o vereador José Virtuozo, quando sugeriu em seu pronunciamento que o vereador revezasse, dirigisse o caminhão em um dia e no outro o secretário Erotildes. O parlamentar pediu respeito para com o colega José Virtuozo e com o Secretário de Agricultura. O vereador Gustavo Santana pediu aparte e disse que não desrespeitou o vereador Virtuoso e que o prefeito apenas pintou a praça do Povoado Cajaíba, assim como, disse que o posto médico do Bairro Miguel Teles também só passou por uma pintura. O vereador Marcos Oliveira rebateu mais uma vez as críticas do colega, ressaltando que em relação ao posto médico do Bairro Miguel Teles, além da reforma do prédio, todos os equipamentos da referida unidade de saúde são de última geração, para melhor atender a população.

O Presidente da casa, vereador José Teles de Mendonça pediu licença aos colegas vereadores para mencionar o I Simpósio Intersetorial de Saúde Mental, que será realizada na sexta-feira (18/05), a partir das 08h no auditório da CDL/Itabaiana, com palestras proferidas por Psicólogo, Psiquiatra, Enfermeira e professor de Educação Física. Na oportunidade parabenizou Fabinho do abrigo responsável pelo IFA (Instituto Fabinho do abrigo) e idealizador do evento.

O vereador Wagner Menezes (PR) iniciou parabenizando Fabinho do Abrigo pelo trabalho realizado no município, bem como, pela iniciativa de realização do I Simpósio Intersetorial de Saúde Mental previsto para sexta-feira, 18/05, no auditório da CDL. O vereador rebateu às críticas da oposição, sobretudo, em relação ao fechamento de escolas. O vereador Roosevelt Santana pediu aparte e propôs um debate sobre o tema, lembrando que o ex-prefeito e líder do grupo de oposição também fechou escolas no município. A vereadora Ivoni Andrade disse que são situações distintas, justificando que na época de Luciano houve o êxodo rural, e que por não haver moradores nas comunidades mencionadas, surgiu a necessidade de fechar às escolas. O vereador Wagner Menezes discordou da vereadora, rebatendo a  justificativa apresentada pela colega.

O vereador Roosevelt Santana (PSB) iniciou convidando a todos para a inauguração da reforma da Unidade de Saúde do Bairro Miguel Teles prevista para sexta-feira 18/05, a partir das 16h00. O vereador rebateu às críticas da oposição, sobretudo, dos vereadores Gustavo Santana e Ivoni Andrade, em relação ao suposto fechamento de escolas por parte da gestão atual. O parlamentar enfatizou a importância do debate no regime democrático, com a finalidade de aclarar às dúvidas, contudo, discordou veementemente da justificativa da colega vereadora Ivoni Andrade, que teria afirmado que na época do seu líder Luciano Bispo o motivo do fechamento de escolas teria sido o êxodo rural. Classificou à justificativa como desculpa esfarrapada e ironizou perguntando se na época não haviam moradores e crianças residindo nas comunidades de Oiteirinho, Cachoeira, Mundo Novo e Nicó? Finalizou mais uma vez desafiando os vereadores de oposição para um debate sobre o tema, lamentando à postura dos colegas por fugirem do debate, já que criticam tanto à atual gestão.

O vereador Carlos Vagner (PR), repudiou à postura dos vereadores de oposição que só criticam à gestão atual, e não são capazes de reconhecer um único benefício realizado pelo prefeito Valmir de Francisquinho. O vereador afirmou que o município está concluindo em 100%, o trabalho de pavimentação de ruas no Bairro Campo Grande. O vereador Gustavo Santana pediu aparte, ejustificou dizendo que não era mais para crítica desconstrutiva, e solicitou do colega que interceda junto ao prefeito para que conclua à reforma da praça do bairro. O vereador Roosevelt Santana Ironizou a fala do colega dizendo que então, todas às críticas anteriores foram destrutivas. O vereador Carlos Vagner confirmou que muito em breve, todas às ruas do Campo Grande serão pavimentadas, e informou que o semáforo da Rua São Paulo já está sendo recolocado naquele local, e que muito em breve, também serão iniciadas às obras de pavimentação do Bairro Miguel Teles.

O vereador Paulo Messias (MDB), lamentou a rejeição das comissões ao seu requerimento para que a secretária municipal de saúde viesse à câmara prestar esclarecimentos sobre o seu trabalho e traga respostas sobre os problemas inerentes à saúde. Disse que fica preocupado quando se anuncia inauguração de postos de saúde, porque para o vereador, não adianta reformar e equipar o prédio, se falta médico, medicamentos e marcação de consultas e exames. Parabenizou o prefeito Valmir de Francisquinho pela obra de reforma do prédio do posto médico, entretanto, cobrou à contratação de médicos e que não falte medicamentos. O vereador Marcos Oliveira pediu aparte e parabenizou o colega pela postura ética e vigilante, e garantiu que não faltarão médicos, muito menos medicamentos.

O vereador José Virtuoso (SD), rebateu às críticas feitas no rádio contra ele, mencionando o caso que envolve um cachorro recolhido na praça de eventos, afirmando sem citar nomes, que o cidadão que o criticou é um mentiroso, porque, segundo ele, o tratamento do animal foi todo ele custeado pelo vereador, através da contribuição mensal destinada ao abrigo. O vereador esclareceu que apenas recolher os animais tirando-os das ruas, não resolve o problema, para ele, a solução é a castração. Disse que a fiscalização deve ser um dever de todos, citando um fato ocorrido na praça de eventos e relatado por um taxista, que o informou que recentemente um cidadão chegou naquele local com uma caminhonete e abandonou quatro animais. Então o vereador lhe perguntou o que o taxista fez naquele momento, e ele lhe respondeu que não fez nada. O vereador condenou a omissão da população diante de casos dessa natureza. O vereador finalizou dizendo que no começo haviam apenas duas raças e atualmente são mais de quatrocentas, e por essa razão, em função das mutações, o número de doenças é sete vezes maior que no passado.

O vereador José Carlos de Santana (PR), iniciou convidando a todos para a inauguração da reforma do posto médico do Bairro Miguel Teles, prevista para a próxima sexta-feira 18/05 a partir das 16h00. O vereador criticou à oposição que teve a oportunidade de reformar o posto médico e não o fez, entretanto, critica a atual gestão, ao invés de reconhecer o trabalho que está sendo feito. O parlamentar também criticou os vereadores de oposição por não concederem aparte aos vereadores de situação quando solicitados, uma vez, que os de situação sempre concedem. O vereador finalizou enfatizando a necessidade de mudanças na política do estado, sobretudo, que a população observe muito bem o caráter e atuação dos candidatos.

Encerrada a sessão ordinária do dia 17/05, na Câmara Municipal, o presidente da Casa, vereador José Teles de Mendonça ,convocou uma nova sessão para a próxima terça-feira (21/05), em horário regimental.


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

OUTRAS NOTÍCIAS