ACESSIBILIDADE - LEI nº 13.146/2015


Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas conforme o modelo abaixo: ALT + [Nº de atalho]

ALT + 1

Ir para o Conteúdo

ALT + 2

Ir para o Menu

ALT + 3

Ir para a Busca

ALT + 4

Ir para o Rodapé

ALT + 5

Acessibilidade

ALT + 6

Mapa do site

ALT + 7

Acesso a Informação

ALT + 8

Cor Original

ALT + 9

Cor com contraste

Botão/Tecla +

Aumentar Fonte

Botão/Tecla -

Diminuir Fonte

Botão/Tecla =

Fonte Original

Leitores de Tela

Nosso Portal foi desenvolvido para ser compatível com softwares leitores de tela. Assim, basta que o usuário tenha instalado em seu computador um destes softwares que será possável ouvir o que está escrito ou desenhado no site.

Agência de Notícias

Representante do SINTESE, professora Rita de Cássia reconhece ganhos da categoria na atual gestão municipal em palestra proferida na Câmara Municipal

De acordo com a professora Rita, ainda há muito a ser feito, porém, reconhece avanços com a atual gestão do prefeito Valmir de Francisquinho em favor da categoria.

19/10/2018 09:06 - atualizado em 22/10/2018 19:53


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

Representante do SINTESE, professora Rita de Cássia reconhece ganhos da categoria na atual gestão municipal em palestra proferida na Câmara Municipal

Aberta a sessão ordinária do dia 18/10, o presidente da Casa, vereador José Teles de Mendonça (PR) concedeu a palavra a professora Rita de Cássia, coordenadora da subsede agreste do SINTESE em Itabaiana, que proferiu palestra sobre as conquistas de direitos da categoria no município e novos pleitos do sindicato. A vereadora Ivoni Andrade parabenizou a palestrante e pediu mais empenho na cobrança por melhorias na educação local, sobretudo, na reforma de escolas da rede municipal. 

O vereador Wagner Menezes (PR) ressaltou que os professores conquistaram muitas vantagens na atual gestão, graças a sensibilidade do gestor atual. O vereador João Cândido Sobrinho (PSB) questionou o escalonamento de regência de classe e perguntou qual o posicionamento do sindicato em relação ao ensino em tempo integral, bem como, perguntou sobre a nucleação que resulta em fechamento de escolas. A professora Rita de Cássia respondeu que nuclear escolas é uma questão complicada porque o aluno nucleado não pode ser tirado da zona rural para a zona urbana, deve ficar na própria zona rural, bem como, ressaltou que ao prédio nucleado deve ser dada uma função social. Por essas razões, a professora disse que o SINTESE irá rever a nucleação. Sobre o ensino em tempo integral, respondeu que é favorável, porém, é contra da forma em que o Estado está fazendo em escolas sem a menor estrutura e investimentos por parte do governo.

O vereador José Roberto (PP) perguntou em que pé está à gestão democrática no município. A professora explicou que o projeto já foi aprovado, foi discutido com o SINTESE, mas que ainda não saiu do papel. O vereador Marcos Oliveira (PTC) parabenizou a palestrante e reconheceu que apesar de tudo que já foi feito na atual gestão em prol da educação, há sempre algo a ser feito, contudo, ressaltou que o município tem contribuído com a evolução da educação local.

Encerrada a sessão ordinária do dia 18/10, o presidente da câmara municipal, vereador José Teles de Mendonça convocou nova sessão para a próxima terça-feira (23/10), em horário regimental.


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

OUTRAS NOTÍCIAS