Deso: vereadores repudiam as péssimas condições de distribuição de água em Itabaiana


agua_a175a4a74f7c2fb2d07f1c4.jpg

Imagem ilustrativa 

 

Os 14 vereadores da Câmara Municipal de Itabaiana (CMI) externaram uma moção de repúdio (Nº 132/2021) contra Carlos Melo, diretor da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), em decorrência das péssimas condições de distribuição de água no município. A moção de repúdio deu entrada na sessão desta quinta-feira, 21.


De acordo com Moisés Mota (DEM) a população paga a conta e não tem água. “É um absurdo pagar por um serviço que não é prestado. Por que essas ações não são coibidas pelo Ministério Público? Eles deveriam punir a companhia pelo destrato com o nosso município”, disse o parlamentar. A vereadora Ivoni Andrade (MDB), concordou com Moisés e acrescentou que “falta água e quando chega a água está inutilizável de tanta sujeira. Tem famílias sofrendo com isso”, explicou Ivoni Andrade. 


Para Alex Henrique, não há mais motivos justificáveis para a falta de água. “Um dia o cano estoura, outro dia a bomba quebra e assim o povo fica sem água. Não estamos pedindo, estamos cobrando os nossos direitos!”, disse o parlamentar. Fernando Carvalho (PV) também repudiou as ações da companhia em seu pronunciamento. “É uma falta de respeito o que a Companhia de Saneamento de Sergipe (DESO) tem feito em Itabaiana. Precisamos urgentemente resolver esse problema”, finalizou Fernando Carvalho. 

Também deu entrada na Câmara Municipal um requerimento que solicita a presença de um representante da Deso na câmara para esclarecer o assunto para todos. 

Mapa do Site

Acessibilidade Contraste Mapa do Site Voltar ao Topo