Confira o que foi destaque na sessão desta terça-feira, 10/05


Sinvaldo Gois (MDB)


O vereador Sinvaldo Gois (MDB) fez uso da palavra na Câmara Municipal de Itabaiana (CMI) e cobrou ações sobre o antigo terminal rodoviário. “O espaço está servindo de ponto para uso de drogas. Peço ao governador de Sergipe e aos órgãos responsáveis que adotem ações para deixar o ambiente mais bonito e seguro”, disse o parlamentar. 


O vereador também cobrou da Secretaria de Segurança Pública (SSP/SE) que reforce a segurança nos bairros e povoados para conter os roubos de motocicletas e de gado na região. 


Ivoni Andrade (MDB)


A vereadora Ivoni Andrade (MDB) fez uso da palavra na Câmara Municipal de Itabaiana (CMI) e destacou a necessidade de medidas que promovam a ressocialização de jovens em situação de vulnerabilidade social. “Muitos jovens, por falta de oportunidades, se envolvem em caminhos ruins, mas a gente pode reverter essa situação criando políticas públicas, cursos profissionalizantes, oferecendo oportunidade de emprego como menor aprendiz”, disse a parlamentar. 


Alex Henrique (PP)


O vereador Alex Henrique (PP) fez uso da palavra na Câmara Municipal de Itabaiana (CMI) e cobrou da gestão municipal ações voltadas à causa animal no município. “Eu sugiro uma visita ao abrigo dos animais, por parte dos vereadores, para conhecer e saber o que tem sido feito por lá. Porque são inúmeros animais soltos na rua, sofrendo com fome, frio, e provocando acidentes”, disse Alex. 


O parlamentar também cobrou respostas da Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE) sobre crimes de homicídios ocorridos em Itabaiana. “ Recentemente um jovem trabalhador foi assassinado no povoado Mangueira, e qual é a resposta da SSP sobre esse crime? e o mototaxista assassinado durante o seu trabalho, qual a resposta? não tem. Precisamos cobrar respostas sobre esses homicídios”, finalizou. 

 

Moisés Mota (DEM)


O vereador Moisés Mota (DEM) fez uso da palavra na Câmara Municipal de Itabaiana (CMI) e destacou a valorização dos professores ocorrida em Itabaiana nos últimos anos. “Em Itabaiana, os professores estão dentro da sala de aula, trabalhando com satisfação porque têm o seu salário pago em dia, com todos os seus direitos assegurados. Em contrapartida, os professores da rede estadual estão em paralisação cobrando os seus direitos. Além disso, no Nestor Carvalho, faz quatro meses que os alunos estão sem aula de português por falta de professor”, disse o parlamentar. 

 

Mapa do Site

Acessibilidade Contraste Mapa do Site Voltar ao Topo