ACESSIBILIDADE - LEI nº 13.146/2015


Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas conforme o modelo abaixo: ALT + [Nº de atalho]

ALT + 1

Ir para o Conteúdo

ALT + 2

Ir para o Menu

ALT + 3

Ir para a Busca

ALT + 4

Ir para o Rodapé

ALT + 5

Acessibilidade

ALT + 6

Mapa do site

ALT + 7

Acesso a Informação

ALT + 8

Cor Original

ALT + 9

Cor com contraste

Botão/Tecla +

Aumentar Fonte

Botão/Tecla -

Diminuir Fonte

Botão/Tecla =

Fonte Original

Leitores de Tela

Nosso Portal foi desenvolvido para ser compatível com softwares leitores de tela. Assim, basta que o usuário tenha instalado em seu computador um destes softwares que será possável ouvir o que está escrito ou desenhado no site.

Agência de Notícias

Câmara de Itabaiana encerra o Período Legislativo aprovando por unanimidade a LDO e o projeto que concede reajuste salarial ao Servidor Público Municipal

Para os parlamentares, o reajuste salarial representa acima de tudo, o respeito e a valorização do servidor do público do município de Itabaiana.

26/06/2018 21:11 - atualizado em 27/06/2018 07:23


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

Câmara de Itabaiana encerra o Período Legislativo aprovando por unanimidade a LDO e o projeto que concede reajuste salarial ao Servidor Público Municipal

Aberta a Sessão Ordinária do dia 26/06, o presidente da Casa, vereador José Teles de Mendonça concedeu a palavra ao vereador Sinvaldo Góis (MDB), que iniciou o seu pronunciamento pedindo ao prefeito Valmir de Francisquinho que determine que a equipe da Secretaria de Obras, leve a Máquina Patrol para melhorar as estradas do Povoado Barro Preto. Criticou a falta de medicamentos nos postos de saúde, sobretudo, no Bairro Bananeira. O vereador também criticou a secretária de ação social em relação aos critérios que o mesmo supõe, que serão adotados para entrega das casas populares do programa Minha Casa, Minha Vida. Criticou o prefeito de Itabaiana pelo fechamento da escola do Povoado Várzea da Cancela, bem como, pelo asfalto colocado naquele povoado, que segundo o vereador foi muito fino e já está todo danificado. Disse que o prefeito só sabe fazer marketing.

O vereador João Cândido Sobrinho (PSB) falou sobre a carta que recebeu, na qual, um autor anônimo discorreu sobre à problemática das barracas da Rua São Paulo, que impedem o trânsito no local, por conta do congestionamento causado. Disse que o calcamento da Cel. Sebrão com a Cel. José Ribeiro na altura do ginásio de esportes, está todo danificado, razão pela qual, solicitou do prefeito Valmir de Francisquinho, bem como, do governo do estado que promova à pavimentação daquela localidade. Criticou o governo do estado, em razão do recolhimento das motos que servem ao Getam, por parte da locadora, em função da falta de pagamento, lamentando este absurdo. O parlamentar ressaltou o empenho do vereador presidente da Casa, José Teles de Mendonça, por ter colocado na pauta de hoje, o projeto que concede aumento salarial aos servidores do executivo municipal, bem como, à LDO, e o parabenizou por ter estendido o aumento aos servidores da Câmara Municipal. Na oportunidade parabenizou o chefe do executivo municipal.

O presidente da Casa interrompeu a sessão, abrindo um precedente por alguns minutos, para que o empresário Adelson Peixoto fizesse uma explanação sobre o leilão solidário em prol do empresário Bode das Ferragens, que teve sua casa comercial completamente destruída em um incêndio, o qual ocorrerá no dia 08 de julho. O vereador José Teles enfatizou a sugestão do vereador João Cândido, no sentido de que todos os vereadores se reunissem, e em nome da câmara de vereadores doassem um bom prêmio para o leilão. Parabenizaram a iniciativa do empresário Adelson Peixoto, os vereadores Roosevelt Santana, Marcos Oliveira, José Virtuoso, José Carlos de Santana, Gustavo Santana, Sinvaldo Góis, Ivoni Andrade e José Roberto.

Ainda no grande expediente, o vereador Marcos Oliveira (PTC) ressaltou a decisão coerente dos vereadores, que compreenderam à importância da aprovação do reajuste salarial dos servidores municipais, bem como, pela disponibilidade em aprovarem à LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), que também será votada no dia de hoje. O vereador enfatizou que com esse aumento de 7%, o prefeito já chega a 15% de aumento concedido aos servidores. O vereador Roosevelt Santana pediu aparte e parabenizou o prefeito Valmir de Francisquinho pelo reajuste concedido, uma vez, que em determinados municípios, o Poder Judiciário tem barrado à realização de eventos festivos, em função do atraso de salários e falta de investimentos em diversas áreas, bem como, a não realização de obras estruturantes, citando como exemplo o município de Capela. O vereador Marcos Oliveira finalizou parabenizando à atual gestão e os colegas vereadores pela disponibilidade em aprovar, tanto a LDO, bem como, o reajuste salarial.

A vereadora Ivoni Andrade (MDB) iniciou o seu pronunciamento dizendo que hoje é um dia especial, em razão do reajuste salarial dos servidores municipais ter sido posto na pauta de votação. A vereadora mencionou à carta distribuída aos vereadores, de autoria de um cidadão Itabaianense, que reclama da desorganização das barracas na Rua São Paulo. O vereador Moisés Mendonça pediu aparte e discordou da vereadora, rebatendo às críticas contidas na carta em relação ao município, afirmando, inclusive, que ao contrário do que diz a carta, a feira de Itabaiana melhorou muito em termos de organização nos últimos anos, mas que respeita o ponto de vista do autor da carta. A vereadora finalizou agradecendo aos colegas por esse período legislativo, reafirmando o seu compromisso em continuar fiscalizando o executivo municipal.

O vereador Gustavo Santana (MDB) iniciou parabenizando os vereadores de oposição, pelo empenho que segundo ele, obrigou o chefe do executivo municipal à apresentar o projeto de aumento salarial. O parlamentar, sem citar nomes, chamou alguns vereadores de situação de cínicos e hipócritas, por fazerem chacota durante o seu pronunciamento. Cobrou da gestão pública mais atenção ao povoado Moita Formosa. Encerrou agradecendo a população a oportunidade de estar vereador, bem como, aos colegas por esse período legislativo.

O vereador Arivaldo de Rezende (MDB) parabenizou o Ministério Público por sua atuação fiscalizando o Poder Público Municipal. Disse que o prefeito responde a diversos processos por improbidade administrativa. Disse também que o prefeito não presta contas de seus atos como gestor municipal. Também ressaltou o empenho dos vereadores de oposição, que segundo ele, resultou na colocação em pauta do projeto de reajuste salarial do servidor público municipal. O vereador também mencionou à carta que terce diversas críticas à desorganização das barracas na feira livre de Itabaiana, principalmente na Rua São Paulo. Finalizou parabenizando o presidente da Casa, pela condução dos trabalhos nesse período legislativo.

O vereador Roosevelt Santana (PSB) iniciou o seu pronunciamento rechaçando determinados comentários de vereadores de oposição, que criticam por criticar sem qualquer fundamento. Ressaltou o aumento salarial do servidor público que será votado na sessão de hoje, rebatendo à afirmação de alguns vereadores, que o aumento só será votado graças a eles. Disse que não se pode esquecer do empenho do prefeito Valmir de Francisquinho, que em sua opinião, é o principal responsável pelos benefícios concedidos aos servidores públicos municipais. O parlamentar também falou sobre a problemática da feira livre de Itabaiana, e disse que o município tem buscado de todas às formas solucionar os problemas, porém, sem gerar prejuízos aos comerciantes. O vereador Moisés Mendonça pediu aparte e rebateu às agressões verbais do vereador Gustavo Santana, que chamou os colegas de cínicos e hipócritas. O vereador também condenou o fato do colega ter dito na sessão passada, que não suporta mais ver o povo pobre de Itabaiana pedindo na câmara. O vereador Roosevelt Santana agradeceu a todos pelo período legislativo.

O vereador Paulo Messias (MDB) parabenizou o executivo municipal pelo projeto de reajuste salarial dos servidores públicos, no percentual de 7%, e agradeceu aos colegas vereadores pelo período legislativo.

O vereador José Roberto (PP) iniciou falando sobre o reajuste salarial dos servidores públicos municipais, que por sua vez, será votado na sessão de hoje. Na oportunidade, o vereador parabenizou o município pela iniciativa. José Roberto também mencionou sua indicação para que o município celebre um convênio com o Ipesaúde. O vereador Marcos Oliveira pediu aparte e esclareceu que a indicação está sendo estudada pelo chefe do executivo municipal, contudo, informou que em função do Ipesaúde está passando por problemas estruturais e financeiros, inclusive, de clínicas locais se recusarem à atender seus filiados, o município estuda a possibilidade de contratar outro plano de saúde. O vereador também demonstrou preocupação com a forma em que às mais de 900 casas do programa Minha Casa, Minha Vida, serão distribuídas à população. O vereador finalizou desejando um feliz São Pedro e um bom recesso a todos os colegas.

O vereador Wagner Menezes (PR) parabenizou o gestor municipal pelo aumento de 7% que será concedido ao servidor público municipal, bem como, aos colegas vereadores que discutiram à matéria e se dispuseram a votar pela aprovação do referido projeto. O vereador também falou sobre a carta anônima recebida pelos vereadores, criticando o que o autor chamou de desorganização da feira. O parlamentar disse que respeita às cobranças do autor, entretanto, discorda de diversos pontos, porque na carta só há críticas e nenhum elogio, sendo que para o vereador, em termos de organização, o município já promoveu várias mudanças positivas na feira livre de Itabaiana. Por outro lado, o vereador também afirmou que o atual gestor não pode ser responsabilizado pelas mazelas de várias gestões antecedentes à sua. Após à aprovação da LDO e do reajuste salarial dos servidores públicos municipais, por unanimidade dos presentes, e em primeira votação, o presidente da Casa, vereador José Teles de Mendonça encerrou à Sessão Ordinária e convocou duas sessões extraordinárias para o mesmo dia, e com intervalo de cinco minutos entre elas.

Durante as sessões extraordinárias, os vereadores aprovaram por unanimidade dos presentes, em segunda e terceira votações, os projetos da LDO e de Reajuste Salarial do servidor público municipal de Itabaiana.

Encerrada a Sessão, o presidente da Casa, vereador José Teles de Mendonça (PR), também encerrou o primeiro período legislativo de 2018, agradecendo a todos os colegas pelos debates, independentemente se foram acalorados ou não, ressaltando que as divergências políticas e ideológicas fazem parte do processo democrático e aproveitou a oportunidade para desejar a todos um feliz São Pedro e um excelente recesso parlamentar.


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

OUTRAS NOTÍCIAS