ACESSIBILIDADE - LEI nº 13.146/2015


Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas conforme o modelo abaixo: ALT + [Nº de atalho]

ALT + 1

Ir para o Conteúdo

ALT + 2

Ir para o Menu

ALT + 3

Ir para a Busca

ALT + 4

Ir para o Rodapé

ALT + 5

Acessibilidade

ALT + 6

Mapa do site

ALT + 7

Acesso a Informação

ALT + 8

Cor Original

ALT + 9

Cor com contraste

Botão/Tecla +

Aumentar Fonte

Botão/Tecla -

Diminuir Fonte

Botão/Tecla =

Fonte Original

Leitores de Tela

Nosso Portal foi desenvolvido para ser compatível com softwares leitores de tela. Assim, basta que o usuário tenha instalado em seu computador um destes softwares que será possável ouvir o que está escrito ou desenhado no site.

Agência de Notícias

Durante a Sessão Ordinária do dia 09/10, vereadores repercutiram os resultados do 1º turno das eleições 2018

Vereadores enalteceram o desempenho e os resultados dos seus candidatos no primeiro turno.

10/10/2018 09:20 - atualizado em 10/10/2018 12:17


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

Durante a Sessão Ordinária do dia 09/10, vereadores repercutiram os resultados do 1º turno das eleições 2018

Aberta a sessão ordinária do dia 09/10 na Câmara Municipal, o presidente substituto, vereador Marcos Oliveira concedeu a palavra ao vereador Gustavo Santana (MDB), que criticou a Moção de Repúdio de autoria do vereador Wagner Menezes, que condena a conduta de simpatizantes da oposição em Itabaiana, por terem afirmado em redes sociais que o vereador Carlos Vagner teria sido preso no bairro Miguel Teles durante visita aos eleitores daquela comunidade, por compra de votos. O vereador também mencionou as prisões ocorridas durante o final de semana em Itabaiana, por suposta prática de compra de votos.

O vereador Sinvaldo Góis (MDB) criticou o prefeito Valmir de Francisquinho, porque, segundo ele, com o fim do primeiro turno das eleições, começará a perseguir os servidores do município. Disse que Valmir foi derrotado nas urnas, mesmo tendo conseguido a eleição do seu filho Talysson com a maior votação do estado, porque seus candidatos ao senado foram derrotados.

O vereador Wagner Menezes (PR) repudiou as críticas do vereador Sinvaldo Góis ao prefeito Valmir de Francisquinho e disse não entender as comemorações do parlamentar, uma vez que Valmir venceu Luciano Bispo em Itabaiana e no Estado, elegendo seu filho como o deputado estadual mais votado em Sergipe. O vereador também lamentou as críticas feitas pelo colega Gustavo Santana, ao se pronunciar contra a nota de repúdio às afirmações caluniosas de que o vereador Carlos Vagner teria sido preso por suposta compra de votos, dias antes das eleições. Finalizou rebatendo a afirmação de Sinvaldo Góis, que o prefeito está revoltado com a população pela votação que teve o seu filho e os demais candidatos, de acordo com o vereador, Valmir está feliz e agradecido a população itabaianense.

O vereador José Carlos de Santana (PR) repudiou a postura do colega Sinvaldo Góis, por ter ofendido moralmente o vereador Roosevelt Santana, e ter tentado desmerecer o seu mandato, questionando a legitimidade do mesmo. Na oportunidade, o vereador apresentou oralmente uma nota de repúdio às ofensas feitas pelo colega parlamentar. O vereador Moisés Mendonça pediu aparte e parabenizou o colega pelo pronunciamento, complementando que infelizmente, a partir dessa conduta preconceituosa em relação à suplente de vereador, o colega Sinvaldo Góis demonstra não respeitar nem os próprios correligionários e colegas de coligação que não conseguiram êxito na eleição.

A vereadora Ivoni Andrade (MDB) iniciou o seu pronunciamento dizendo que os vereadores devem conter os seus ânimos, e fazendo publicamente um pedido de desculpas pelo episódio ocorrido na última sessão, quando na ocasião, uma discussão entre vereadores de situação e oposição, obrigou que o presidente, vereador Marcos Oliveira encerrasse à sessão de maneira antecipada. A vereadora parabenizou o trabalho da Justiça Eleitoral e do Ministério Público pela tranquilidade no processo, entretanto, ressaltou que irá propor um recadastramento, para que o eleitor dos povoados, possa votar no local onde reside, porque segundo ela, isso irá facilitar para a população e evitaria transtornos provocados pelo transporte irregular de eleitores.

O vereador José Virtuozo (SD) iniciou o seu pronunciamento repudiando às ofensas feiras por meio de agressões verbais por vereadores de oposição aos vereadores de situação. O vereador disse que o parlamento não é lugar para esse tipo de debate pejorativo.

O vereador José Roberto (PP) disse que está muito feliz com o resultado das eleições, pela eleição de sua candidata Maria Mendonça, que obteve quase oito mil votos em Itabaiana. O vereador falou da sua preocupação em relação ao número de abstenções em Itabaiana, que ultrapassou à marca dos 23 mil votos.

O vereador João Cândido sobrinho (PSB) ressaltou a votação obtida pela Deputada Maria Mendonça em Itabaiana e agradeceu aos eleitores que mais uma vez, depositaram confiança na parlamentar. Na oportunidade, o vereador lamentou à prática de compra de votos, que resultou em prisões, dizendo que essa conduta na política deve ser combatida com o rigor da lei. O vereador finalizou o seu pronunciamento pedindo mais respeito entre os parlamentares durante seus pronunciamentos.

O vereador Marcos Oliveira do (PTC) elogiou à performance do deputado estadual eleito Talyson de Valmir, que obteve a maior votação no estado. Disse que embora alguns torcessem contra sua eleição, um filho de marchante conseguiu com humildade ser o deputado mais votado do estado. Repudiou às críticas ao prefeito Valmir de Francisquinho e cobrou mais respeito entre os parlamentares.

Encerrada a sessão ordinária, o presidente substituto, vereador Marcos Oliveira convocou nova sessão para a próxima quinta-feira (11/10), em horário regimental.


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

OUTRAS NOTÍCIAS