ACESSIBILIDADE - LEI nº 13.146/2015


Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas conforme o modelo abaixo: ALT + [Nº de atalho]

ALT + 1

Ir para o Conteúdo

ALT + 2

Ir para o Menu

ALT + 3

Ir para a Busca

ALT + 4

Ir para o Rodapé

ALT + 5

Acessibilidade

ALT + 6

Mapa do site

ALT + 7

Acesso a Informação

ALT + 8

Cor Original

ALT + 9

Cor com contraste

Botão/Tecla +

Aumentar Fonte

Botão/Tecla -

Diminuir Fonte

Botão/Tecla =

Fonte Original

Leitores de Tela

Nosso Portal foi desenvolvido para ser compatível com softwares leitores de tela. Assim, basta que o usuário tenha instalado em seu computador um destes softwares que será possável ouvir o que está escrito ou desenhado no site.

Agência de Notícias

Vereadores cobram da prefeita interina Carminha Mendonça a reabertura do matadouro, conforme havia prometido durante sua posse

De acordo com os parlamentares, a prefeita interina Carminha Mendonça havia prometido que este seria o seu primeiro ato como gestora.

29/11/2018 21:23 - atualizado em 30/11/2018 09:50


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

Vereadores cobram da prefeita interina Carminha Mendonça a reabertura do matadouro, conforme havia prometido durante sua posse

Aberta a sessão ordinária do dia 28/11, o presidente da Casa, vereador José Teles de Mendonça (PR) concedeu a palavra ao vereador Gustavo Santana (MDB), que fez diversas críticas ao prefeito afastado Valmir de Francisquinho em razão das denúncias relativas a supostos desvios de recursos do matadouro municipal. O vereador afirmou que empreiteiros ligados ao prefeito Valmir de Francisquinho estariam mantendo um programa de rádio com o intuito de enaltecer o nome do prefeito e denegrir a imagem de seus adversários. O vereador Carlos Vagner rebateu a acusação do colega e respondeu que não se trata de apoio de empreiteiros com essa finalidade, mas de patrocínios de empresários ao programa de rádio referido, com o objetivo de promover sua marca e vender os seus produtos, o que para o vereador é uma prática absolutamente normal e legal.

O vereador Sinvaldo Góis (MDB) disse que político corrupto tem que estar na cadeia, mencionou a prisão do governador do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão, fazendo uma analogia com o caso de Itabaiana. O vereador disse que Carminha precisa tomar pé da situação e resolver os problemas enfrentados pela população Itabaianense, deixados segundo ele, pela gestão Valmir de Francisquinho. O vereador disse que espera que o matadouro seja reaberto o quanto antes.

O vereador Wagner Menezes (PR) iniciou o seu pronunciamento parabenizando o prefeito Valmir de Francisquinho pela passagem do seu aniversário, ressaltando sua integridade e competência administrativa. Na oportunidade deu boas vindas ao vereador Carlos Vagner que está de volta à Câmara. O parlamentar se dirigiu aos colegas de oposição perguntando porque não defendem os servidores públicos que terão mais uma vez o 13° salário parcelado em seis vezes, já que falam tanto em combate à corrupção e defesa dos interesses da população.  O vereador rebateu as críticas feitas por Sinvaldo Góis as obras realizadas na atual gestão e o desafiou a ir por exemplo no Povoado Carrilho dizer aos moradores que Valmir não fez nada naquela localidade. O vereador Marcos Oliveira pediu aparte e lamentou as demissões que estão ocorrendo na gestão municipal, que segundo o mesmo, serão 200 demissões no dia de hoje e cerca de duzentas demissões amanhã, sexta-feira (30/11), porque segundo ele, várias famílias terão um natal muito triste e amargo em razão das demissões. O vereador Wagner Menezes finalizou criticando o atraso no pagamento dos cachês dos músicos que se apresentaram no Forró Caju e até agora não receberam do prefeito Edvaldo Nogueira, e enfatizou que já que Sinvaldo Góis fala tanto em corrupção, o lembrou que o presidente da ALESE e seu líder Luciano Bispo juntamente com Maria Mendonça também serão investigados pela DEOTAP.

O vereador Carlos Vagner (PR) rebateu a acusação feita pela vereadora Ivoni Andrade, por ter afirmado que a época em que Luciano foi prefeito, quem administrava o matadouro era Vado de Olímpio Grande, pai do vereador. O vereador informou que a época não era seu pai o administrador do matadouro e que o secretário de Agricultura era Valtenes Braga. Lembrou ainda que trabalhou no matadouro e recebia R$ 200 por semana. O vereador ressaltou que a prisão de Valmir foi um erro porque todos agem dessa mesma forma em relação ao pagamento dos trabalhadores, e que se agiram dessa forma contra Valmir, devem agir também com o mesmo rigor em relação aos seus antecessores. O vereador disse que a taxa mais barata de Sergipe por abate de animal é a de Itabaiana e finalizou parabenizando o prefeito Valmir de Francisquinho pela passagem do seu aniversário.

O vereador José Virtuozo (PR) iniciou o seu pronunciamento parabenizando o prefeito Valmir de Francisquinho pela passagem do seu aniversário. O parlamentar enfatizou a importância de uma associação que cuida de animais e lamentou a postura do vereador Gustavo Santana por tratar o caso de forma eleitoreira. O vereador Gustavo Santana pediu aparte e disse que o prefeito Valmir de Francisquinho havia deixado de repassar ao abrigo a ajuda mensal dada pela prefeitura, mas que a prefeita Carminha Mendonça já regularizou o pagamento do referido auxílio, em favor do abrigo dos animais. O vereador Virtuozo contestou e disse que nunca houve atraso por parte da prefeitura e voltou a afirmar que o colega Gustavo Santana tenta se promover com esse tipo de afirmação de cunho eleitoreiro e politiqueiro.

O vereador Moisés Mendonça (PR) parabenizou o prefeito Valmir de Francisquinho pela passagem do seu aniversário. Na oportunidade, o vereador cobrou da prefeita interina Carminha Mendonça, a reabertura do matadouro municipal, já que esta foi uma promessa sua durante o discurso de posse. O parlamentar também disse que tanto ele, como os demais vereadores de ligados ao prefeito Valmir de Francisquinho se colocam à disposição para questões que visem a melhoria da qualidade de vida da população, bem como, o crescimento do município.

A vereadora Ivoni Andrade (MDB) criticou a educação do município durante a gestão Valmir de Francisquinho, alegando que o prefeito não se programou para promover uma educação de qualidade, e disse que espera que a atual gestora, a prefeita interina Carminha Mendonça faça um planejamento visando melhorar o ensino público municipal, bem como, que valorize a categoria, dando, inclusive, melhores condições de trabalho e capacitação aos profissionais da educação como um todo.

O vereador Marcos Oliveira (PTC) parabenizou o seu líder político Valmir de Francisquinho, por ocasião do seu aniversário, e enalteceu suas qualidades como gestor municipal, que na sua avaliação, revolucionou o modo de se administrar em Itabaiana. O parlamentar citou várias obras construídas e inauguradas somente este ano na gestão Valmir de Francisquinho, bem como, diversas outras que foram iniciadas e estavam em andamento, mas que não tiveram continuidade em razão do afastamento do gestor municipal. Para o vereador, Valmir atualmente se revelou como o maior administrador que Itabaiana já viu e dificilmente será superado, considerando, não apenas a sua capacidade administrativa, bem como, sua garra, vontade de acertar, obstinação e amor a sua terra e sua gente. Para o vereador tudo isso o tornou a maior liderança política do município, e uma das mais influentes e relevantes do estado no cenário político.

Encerrada a sessão ordinária do dia 29/11, o presidente da casa, vereador José Teles de Mendonça convocou nova sessão para a próxima terça-feira (04/12), em horário regimental.


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

OUTRAS NOTÍCIAS