ACESSIBILIDADE - LEI nº 13.146/2015


Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas conforme o modelo abaixo: ALT + [Nº de atalho]

ALT + 1

Ir para o Conteúdo

ALT + 2

Ir para o Menu

ALT + 3

Ir para a Busca

ALT + 4

Ir para o Rodapé

ALT + 5

Acessibilidade

ALT + 6

Mapa do site

ALT + 7

Acesso a Informação

ALT + 8

Cor Original

ALT + 9

Cor com contraste

Botão/Tecla +

Aumentar Fonte

Botão/Tecla -

Diminuir Fonte

Botão/Tecla =

Fonte Original

Leitores de Tela

Nosso Portal foi desenvolvido para ser compatível com softwares leitores de tela. Assim, basta que o usuário tenha instalado em seu computador um destes softwares que será possável ouvir o que está escrito ou desenhado no site.

Agência de Notícias

Obra inacabada de pavimentação da Rodovia Estadual que liga Itabaiana a Itaporanga D'ajuda voltou a ser discutida na Câmara Municipal de Itabaiana

Durante a sessão desta quinta-feira (30/08), o tema gerou divergência entre os parlamentares.

30/08/2018 20:21 - atualizado em 31/08/2018 07:13


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

Obra inacabada de pavimentação da Rodovia Estadual que liga Itabaiana a Itaporanga D'ajuda voltou a ser discutida na Câmara Municipal de Itabaiana

Aberta a sessão ordinária do dia 30/08, o presidente da câmara, vereador José Teles de Mendonça (PR), concedeu a palavra a vereadora Ivoni Andrade (MDB), que disse estar revoltada com as palavras e adjetivos direcionados a ela, pelo prefeito Valmir de Francisquinho durante ato público realizado em prol da candidatura do seu filho. De acordo com a vereadora, o prefeito deveria se preocupar em fazer a campanha do filho e não em denegrir à sua imagem. Segundo a parlamentar, o prefeito lhe chamou de analfabeta e preguiçosa. Revoltada, a vereadora se insurgiu contra o prefeito, dizendo que o mesmo também precisa se preocupar com os processos que responde por improbidade administrativa, e que, a cada sessão, a partir de agora, irá ler um processo por sessão, dos que segundo ela, responde o prefeito de Itabaiana.

O vereador Sinvaldo Góis (MDB), se solidarizou com a família Peixoto, em razão do passamento do empresário Pedro Peixoto, ocorrido no início da semana. O vereador lamentou o fato do município não ter realizado a festa do agricultor durante o aniversário da cidade. Também repudiou às ofensivas proferidas pelo gestor municipal contra a vereadora Ivoni Andrade. O vereador criticou à campanha do filho do prefeito a deputado estadual, classificando-a como milionária. O vereador também disse que o prefeito Valmir de Francisquinho tem visitado à população de Itabaiana frequentemente entre 23h00 e meia noite, com o objetivo de conquistar votos para o seu filho, inclusive, denuncia que o gestor municipal vem fazendo promessas em troca de votos. O vereador também criticou a cobrança pelas cadeiras durante a realização do show religioso do Padre Alessandro de Campos, durante o aniversário da cidade.

O vereador Roosevelt Santana (PSB), iniciou o seu pronunciamento rebatendo às críticas do vereador Sinvaldo Góis ao prefeito Valmir de Francisquinho, dizendo que o mesmo teria feito uma visita ao povoado Terra Dura e durante a visita teve portas fechadas em sua cara, ou seja, que a população virou às costas para o prefeito. Segundo o vereador, essa informação não procede, até porque Valmir de Francisquinho foi o gestor que mais realizou obras no Povoado Terra Dura. O parlamentar também criticou à divulgação de obras realizadas em Itabaiana pelo ex-governador e candidato ao senado, Jackson Barreto, por meio de panfletos, chamando-a de propaganda enganosa,  principalmente em relação à um dos pontos específicos do panfleto distribuído em Itabaiana, segundo o qual, o ex-governador realizou obras de pavimentação asfáltica em Itabaiana, sendo que segundo o vereador, tal afirmação não passa de fake, uma vez que nenhuma rua do município, segundo ele, recebeu o referido benefício.

O vereador Moisés Mendonça (PR), iniciou o seu pronunciamento prestando solidariedade à família Peixoto, em função da morte do seu membro Pedro Peixoto. O parlamentar também parabenizou o município pela realização da festa comemorativa aos 130 anos de Itabaiana, inclusive, em relação às atrações religiosas Padre Alessandro de Campos e Damares, que lotaram à praça de eventos. Também rebateu às críticas dos vereadores Ivoni Andrade e Sinvaldo Góis, que disseram que o prefeito tem sido mal recebido pela população de Itabaiana. Segundo o vereador, o prefeito nunca foi tão bem recebido quanto agora. Ressaltou às diversas obras realizadas na atual gestão, incluindo, a obra de pavimentação do Campo Grande, declarando que ninguém fez tanto por Itabaiana, quanto Valmir de Francisquinho. O vereador também repudiou à declaração da vereadora Ivoni Andrade, que disse que o prefeito é proprietário de um terreno que não está em seu nome, dando conotação de que o mesmo se utiliza de laranjas, bem como, que o prefeito não gosta de pobre. Para o vereador, foram declarações infelizes, inclusive, no tocante à afirmação de que o prefeito se utiliza laranjas para encobrir o seu patrimônio.

O vereador Gustavo Santana (MDB), iniciou o seu pronunciamento parabenizando o vereador Arivaldo de Rezende pela coragem de correr atrás do seu sonho de se tornar deputado estadual. Na oportunidade, o parlamentar, dirigindo-se aos vereadores de situação, que cobram à intervenção dos vereadores de oposição junto ao governo do estado, para que o mesmo traga benefícios para o município, por serem aliados do atual governador, declarou que o vereador não tem competência para fiscalizar o governo do estado, apenas o município. O vereador repetiu que o prefeito não gosta de pobre, e mais uma vez fez chacota com o prefeito Valmir de Francisquinho, fazendo alusão ao jumento precioso, dizendo que o mesmo ficou revoltado com o fato de o prefeito também ter recebido o título de melhor prefeito de sua região.

O vereador Arivaldo de Rezende (MDB), iniciou o seu pronunciamento repudiando à atitude do ex-vereador Fabinho do Abrigo, por ter dito em palanque que iria cassar o seu mandato de vereador, em razão do prazo de desfiliação do partido anterior para se candidatar a Deputado estadual. O vereador também se insurgiu contra o Capitão Samuel por ter dito nas redes sociais, que a candidatura do vereador a deputado estadual foi impugnada, por ser o mesmo analfabeto. Segundo o vereador, essa informação não procede e sua candidatura está mais firme do que nunca. O vereador criticou o ato público realizado pela coligação comandada pela deputada Maria Mendonça, ironizando que só tinha João Cândido com o carro de som, e pouquíssimos participantes. O vereador João Cândido respondeu ao vereador que o ato foi apenas uma caminhada, e que necessariamente não precisa de oba oba e multidões. O vereador finalizou de forma irônica, convidando o Capitão Samuel para a inauguração do seu comitê na semana que vem.

O vereador José Virtuoso (SD), rebateu às críticas feitas ao seu nome, no tocante ao fato de ser protetor dos animais. O vereador convidou o colega Gustavo Santana para acompanhá-lo na missão de resgatar um animal atropelado na Rua Itabaiana. O vereador também criticou a afirmação dos vereadores de oposição, ao dizerem que o governador realizou a pavimentação da SE que liga Itabaiana a Itaporanga, afirmando que ali não é asfalto, e sim assalto. O vereador finalizou dizendo que irá fazer uma indicação para criação de um programa de saúde destinado ao atendimento de animais, semelhante ao SUS.

O vereador Marcos Oliveira (PTC), disse que ao ouvir o pronunciamento do vereador Gustavo Santana, tem a impressão de que o mesmo está se referindo a Luciano Bispo, quando  menciona o tema improbidade administrativa, lembrando que o referido parlamentar e líder dos vereadores de oposição, está com a sua candidatura na iminência de ser impugnada por responder a processos por improbidade administrativa, praticada quando prefeito de Itabaiana. O vereador também lamentou à perseguição sofrida pelo líder comunitário Wanderlei da Ribeira, praticada pelo agrupamento político do qual fez parte durante 30 anos, liderado pela deputada Maria Mendonça, dizendo que para quem cobra gratidão, está sendo muito ingrata com quem tanto defendeu o seu grupo por tanto tempo. O vereador cobrou explicações em relação à destinação dos recursos que deveriam ser aplicados na construção da rodovia que liga Itabaiana a Itaporanga, bem como, rebateu a afirmação do vereador Gustavo Santana, que o governo do estado levou asfalto para o povoado Ribeira.

O vereador João Cândido Sobrinho (PSB), disse que observou à discussão entre vereadores de oposição e situação sobre pavimentação asfáltica em Itabaiana.    Segundo o vereador, o estado de forma irresponsável não cumpriu o seu papel, quando deixou de levar obras de pavimentação aos povoados, bem como, por não ter pavimentado à Rodovia que liga Itabaiana a Itaporanga, lembrando que o governo anunciou a obra e que até enviou máquinas e homens para execução da mesma, entretanto, tudo não passou de uma mentira. O vereador também criticou a gestão municipal, dizendo que o prefeito mente para a população e que às obras realizadas são irrelevantes. Na oportunidade, questionou à existência dos milhões anunciados pelo prefeito, e conseguidos através do Deputado Federal André Moura, os quais seriam aplicados em pavimentação asfáltica de ruas e avenidas do município.

Encerrada a sessão ordinária do dia 30/08, na Câmara Municipal, o presidente da Casa, vereador José Teles de Mendonça convocou nova sessão para a próxima terça-feira (04/09), em horário regimental.


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

OUTRAS NOTÍCIAS