ACESSIBILIDADE - LEI nº 13.146/2015


Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas conforme o modelo abaixo: ALT + [Nº de atalho]

ALT + 1

Ir para o Conteúdo

ALT + 2

Ir para o Menu

ALT + 3

Ir para a Busca

ALT + 4

Ir para o Rodapé

ALT + 5

Acessibilidade

ALT + 6

Mapa do site

ALT + 7

Acesso a Informação

ALT + 8

Cor Original

ALT + 9

Cor com contraste

Botão/Tecla +

Aumentar Fonte

Botão/Tecla -

Diminuir Fonte

Botão/Tecla =

Fonte Original

Leitores de Tela

Nosso Portal foi desenvolvido para ser compatível com softwares leitores de tela. Assim, basta que o usuário tenha instalado em seu computador um destes softwares que será possável ouvir o que está escrito ou desenhado no site.

Agência de Notícias

Sessão desta terça-feira (02/10) foi marcada por protestos de situacionistas contra as críticas da oposição à gestão do prefeito Valmir de Francisquinho

Vereadores de situação disseram que suposta preocupação com o emprego dos contratados não passa de demagogia.

02/10/2018 18:37 - atualizado em 03/10/2018 19:23


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

Sessão desta terça-feira (02/10) foi marcada por protestos de situacionistas contra as críticas da oposição à gestão do prefeito Valmir de Francisquinho

Aberta a sessão ordinária do dia 02/10, o presidente em exercício, vereador Marcos Oliveira (PTC) concedeu a palavra a vereadora Ivoni Andrade (MDB), que criticou a gestão atual, porque segunda ela está faltando pediatra na rede municipal para atender às crianças, principalmente, as mais necessitadas. A vereadora falou da importância desse profissional em uma comunidade, e enfatizou que durante o período em que Luciano Bispo esteve no poder, nunca faltou pediatra nos postos de saúde do município.

O vereador João Cândido Sobrinho (PSB) iniciou o seu pronunciamento dizendo que ao vir a nota sobre o TAC publicada pela assessoria de comunicação da prefeitura de Itabaiana, ficou decepcionado, porque não houve garantias de que o município não irá demitir os comissionados após às eleições, segundo o vereador, a promessa do prefeito, é de que, embora não demita de imediato, até dezembro essas pessoas serão demitidas por força de um TAC  (Termo de Ajuste de Conduta), assinado pelo gestor municipal , diante do representante do Ministério Público. O vereador também criticou o anúncio de investimento de milhões, em obras para Itabaiana, através de um certo parlamentar, e que até agora não chegaram para o município. O vereador finalizou protestando contra o que ele chamou de demissão em massa dos mais de 700 servidores, e hipotecando solidariedade, inclusive, às suas famílias.

O vereador Roosevelt Santana  (PSB) rebateu às críticas da oposição, inclusive, do orador que o antecedeu, dizendo que o que está sendo implantado nesta casa com os discursos inflamados de vereadores de oposição, é apenas um terror na cabeça da população, porque na verdade, não há ninguém preocupado com os servidores comissionados, uma vez, que às críticas eram porque o prefeito contratava muitos comissionados e não realiza concurso público, agora tentam demonstrar solidariedade aos servidores comissionados. Em relação à lista de servidores da prefeitura, na iminência de serem demitidos, que por sua vez, fora mencionada pelo vereador João Cândido, o vereador informou que somente foi elaborada e enviada para a câmara e para o Ministério Público, atendendo à requerimento dos representantes dos referidos órgãos, por não ter o município, nada a esconder. O vereador criticou e rebateu as fake news publicadas em redes sociais, anunciando a prisão do vereador Carlos Vagner e do candidato a deputado estadual Talyson de Valmir. 

O vereador José Virtuozo (SD) ressaltou a vinda da Sra. Leila da Paixão Sousa a esta casa, para falar sobre saúde animal, por meio de requerimento de sua autoria.  Repudiou às publicações falsas em redes sociais, com o objetivo de denegrir à imagem do prefeito Valmir de Francisquinho, bem como, do seu filho Talyson de Valmir, candidato a deputado estadual.

O vereador Marcos Oliveira (PTC) também repudiou o que ele chamou de terrorismo da oposição, que ao visitarem às famílias Itabaianenses, tem dito que o prefeito Valmir irá demitir os seus filhos logo após às eleições, com o objetivo de conseguir o voto da população. O parlamentar criticou este modo de política, classificando-a de rasteira e de péssimo gosto. O vereador disse ainda que em Itabaiana todo mundo conhece todo mundo, e que às mentiras não irão prosperar.

O vereador Moisés Mendonça (PR) falou sobre a importância do projeto de sua autoria, que garante ao doador de sangue prioridade de atendimento nos setores públicos e privados que prestam serviços públicos, cujo mesmo já foi aprovado na câmara e sancionado pelo prefeito Valmir de Francisquinho. Falou também sobre o projeto que dispõe sobre o atendimento preferencial aos caminhoneiros na rede municipal de saúde. O vereador ressaltou a administração municipal, enfatizando que em razão do bom trabalho desenvolvido pela gestão atual, o povo dará o veredito final no dia 07 de outubro.

Encerrada a sessão ordinária desta terça-feira (02/10), o presidente em exercício, vereador Marcos Oliveira convocou nova sessão para à próxima quinta-feira (04/10), em horário regimental.


Compartilhar no Whatsapp
Compartilhar por E-mail Imprimir

OUTRAS NOTÍCIAS